July 5, 2006

CORUJA



"Habilidades ocultas, visão interior; ou ainda, ver na escuridão, a vigília, a sombra, sabedoria antiga e clarividência. A coruja possui a habilidade de ver coisas que às vezes nos escapam. O dom deste remédio é não nos enganarmos com as aparências externas e descobrir a verdade por trás delas.

Ela é a criatura da noite e da escuridão. Está ligada ao mundo desconhecido e escondido dos espíritos. Representa nossa mente sub-consciente e com o oculto. Também está associada com a Lua e superstições. Alguns nativos americanos se referem à coruja como a águia da noite. Outros vêem a coruja com suspeita e medo. Ela é um bom augúrio para aqueles que estão sintonizados com alguma religião".

Fonte:
www.salves.com.br/xapoweranim.htm

6 comments:

Anonymous said...

Às vezes nem o tempo nos possibilita conhecer uma determinada coisa sobre uma pessoa (putz, isso é difícil também né?), mas sim algum fato, algum acontecimento...que pode vir ou não a acontecer...mas, afinal o que queremos mesmo saber? o que nos interessa? o que interfere em nossas escolhas? estou falando em termos de relacionamento...para você o que importa? qual o caráter? existe um?
Bjin!
Tô passando aqui sim, mas é rapidin porque estou no serviço...e ainda não estou de férias...
Roberta

kelly said...

Ei Moryia!
Nossa!! essa torrente de questões me fez ficar pensando, essas questões sempre me fazem pensar... Para Peter Berguer, sociologo, existem certas condições sociais para a existência do amor, para a efetixação das relações. Concordo com ele, o social é algo que,pode influenciar bastante nossas escolhas.

Pra mim o importante é ter alguém interessante, com quem eu possa conversar, com quem eu passe duas, três, dez horas e nem me dê conta do tempo escorrendo pelas badaladas do relágio(hum isso foi legal!)
Minhas escolhas...não tenho feito muitas em relação a amorer, mas sempre opto pelo cheiro do olhar, pelo hálito da presença, pela textura da cor do sonho que ele emana...

grande beijo!

Adson de Melk said...

Cara Kelly, recebi um e-mail de minha adorada Roberta dizendo que queiras corresponder comigo. Com meu consentimento, permita-me que eu comece a passear pelo teu blog, com a finalidade de conhecê-la melhor e assim podermos nos tornar amigos, caso lhe interesse. Muito interessante suas palavras. Creio ser meu mais novo porto de sabedorias e cafés da tarde. Gosto de tomar café enquanto navego pela internet.
Continue a escrever. Um grande beijos, Adson.

kelly said...

Novo amigo!
Será um prazer tê-lo a vizitar meus escritos e escritos de outros poetas, amigos,contistas, etc.
seja bem vindo!

Anonymous said...

adson, vc tem blog, não tem? qual é o endereço?

Adson de Melk said...

Não o tenho mais. Não o soube utilizar como ferramenta. Sinto que através dele interferi em intimidades diversas da minha. Mas estou querendo resgatá-lo e pretendo não cometer tal erro novamente. Em breve, direciona-lo-ei a vocês. Muitos beijos.
Adson.