September 1, 2006

Dá-me a tua mão

Dá-me a tua mão: Vou agora te contar como entrei no inexpressivo que sempre foi a minha busca cega e secreta. De como entrei naquilo que existe entre o número um e o número dois, de como vi a linha de mistério e fogo, e que é linha sub-reptícia. Entre duas notas de música existe uma nota, entre dois fatos existe um fato, entre dois grãos de areia por mais juntos que estejam existe um intervalo de espaço, existe um sentir que é entre o sentir - nos interstícios da matéria primordial está a linha de mistério e fogo que é a respiração do mundo, e a respiração contínua do mundo é aquilo que ouvimos e chamamos de silêncio.

Clarice Lispector

5 comments:

Anonymous said...

perdoe-me pela cegueira...hehe
mas foi através do silêncio? pois se for é um ótimo caminho para a liberação da piração que causa o não saber...
bjin!
roberta

kelly said...

bom, para a autora o silêncio é a respiração do mundo, ou seja, é o invisivel, o misterio.
Mas o silêncio é sempre uma boa estratégia na vida, as vezes mágoa, mas é melhor que algumas sordidas palavras. Mas ter silencio quando se quer som é o que há de pior...
ouvir o silêncio é aconselhador, viver no si`^encio é amedrontador.
Bjim!

Fabiana said...

O que será que existe entre nós e nós mesmo?
Ah não vc e a Roberta estão cults demais.
Eu não consigo raciocinar com vocês...

Solzinho said...

nossa concordo com a Fabiana...
cults demais... mas se nao fosse assim, nao seria a Kelly (nossa babei muito agora ne rsrsrsrs). Mas vou contribuir com meu comentario humilde (hahahaha)
Mas o silencio sempre me incomodou extremamente, sera Porque? Porém hj percebo que ele continua tendo esse valor de misterio... e talvez seja isso mesmo que o faca ser tão angustiante, mas to mesmo tempo acalentador! (Shiiiiiiiiiiiiiiiiiii)
...
...
...

Andréia said...

Belas palavras...belo post!!
Também pudera...Clarice Lispector é maravilhosa.
Assim, vc se torna tão envolvente qto ela, devido a sua sensibilidade...ao seu aguçar de sentidos!!

O silencio é uma faca de dois gumes...tudo depende do nosso estado de espirito. As vezes ele nos tras boas lembranças...noutras, nos perturba a memória.

Venho agradecer sua amavel visita e dizer q pode aparecer qdo quiser...será sempre benvinda!!
Ótima semana.
bjksss millll