February 10, 2008

Alguma coisa

Alguma coisa que me dê alívio.
Alguma coisa que me tire do chão.
Alguma coisa que cause alvoroço no coração.
Alguma coisa que me fale dos mistérios de ser.
Alguma coisa que só me fale do que realmente sabe.
alguma coisa que saiba ser sem ter que dizer.
Eu quero.

4 comments:

Fabiana said...

Por um momento minha resposta seria: algum deus!???
Mas... acho que... a solução pode estar em você querer você.

Confuso?? Mas este é o problema/solução = o confuso.

Pri Zocrato said...

quereres...levam-nos pra frente, "...E umas das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi criadora de minha própria vida." (C. LISPECTOR)

hi Kelly...vim te convidar pra conhecer e marcar presença no meu canto... meu blog novíssimo te aguarda...aguarda "incantos"
www.incantodapri.blogspot.com

bj bj

** Heart and soul ** said...

Eu também quero... quero saber ser sem ter que dizer... mas, sinceramente, nao acredito muito em ninguem se encontrando, ou encontrando algo sem palavras... o silencio é importante, a paz é importante... mas a palavra... a palavra faz o homem (e a mulher- hehehehe)

beijao!!!!!!!!!!

Kelly Cândido said...

Será mesmo fabiana??
Estou tão em mim...
E não se esqueça que "o poeta é um fingidor".
Sei que não sou poeta, mas aprendo muito com eles e elas.