October 30, 2008

Balanço de fim de mês, quase fim de ano.

Tem uma coisa que me deixa sem graça, tem umas coisas que me tiram o fôlego, tem risadas que eu gosto de ouvir, tem presenças que são insubistituíveis, certos sons me são necessários, tem umas coisas que venho descobrindo. Há sempre muitas questões passando pela minha cabeça. Tenho vontade de viajar mais. Hoje a minha cabeça está parecendo um romance aberto. A solidão deixou de ser lugar confiável e confortável. Já nem reclamo tanto quando estou sozinha. Agora escuto mais, falo menos, mas continuo irreverente. Tenho amigos/as de verdade, tenho um tantão de sonhos de todos os matizes. Na vida, vejo avenidas se abrindo em forma de gente.

1 comment:

dal_lemos said...

Parabéns, está deixando de ser mineira pra ser brasileira!!