January 10, 2008

Inundou

Apesar da tristeza que é ferro e aço ando até contente.
Não obstante a saudade,
Lâmina afiada,
Sou até ser que tem paciência.
Espero o retorno.
Fico até moderna, mas na verdade
É fingimento, finjo não sentir.
Num braço do tempo ficou meu amanhã e luar,
No corpo daquele moço estanquei minha amargura.
Dele troxe o sofrimento.
Sentimento duro!
Ferro-aço.
Tinha mais dor,
Mas na pedra do morro nos separamos,
Ao dissipar-se a noite.
A chva caiu. Inundou.
Amor bruto, muito belo.
Amor Aço Ferro.

2 comments:

Anonymous said...

Muito bonito!
É um conforto para a alma visitar o seu blog.
Obrigado.

Kelly Cândido said...

Agradeço a visita e o comentário que me alegrou agora.